terça-feira, 31 de julho de 2012

Exclusivo! Araponga é preso quando espionava vice-presidente do PR

Foto: Rodolfo Lins
Do Blog do Garotinho

O ex-deputado federal Geraldo Pudim (PR), foi parar na 12ª Delegacia Legal, em Copacabana, na capital carioca, na última quinta-feira (26), depois de flagrar junto com seus assessores um homem infiltrado no estacionamento do Apart Hotel, onde fica sediado, fazendo filmagens clandestinas e seguindo seus passos. Segundo o ex-deputado, que hoje é vice-presidente do Partido da República (PR), e coordena campanhas nas regiões metropolitana e baixada fluminense, ele já havia recebido informações de que haviam equipes montadas por adversários para vigiar seus passos, fazer escutas e seguí-lo, tudo com vistas a disputas eleitorais. Leia mais >

Jornalista lança livro sobre os 360 anos de São Salvador

Foto: Antonio Leudo
Por Wesley Machado / Secom

Na segunda-feira (30), véspera do aniversário de 14 anos do Teatro Municipal Trianon, Avelino Ferreira, prestes a comemorar 60 anos de idade (no dia 05 de agosto, véspera do Dia do Padroeiro, o Santíssimo Salvador), lançou o seu novo livro, “São Salvador – 360 anos (1652-2012)”, no foyer do teatro. 

A noite de autógrafos foi concorrida, com a presença de amigos, admiradores, artistas de teatro, músicos, professores, políticos e interessados na história de Campos. Estavam presentes também delegações de Itaperuna, Italva e São João da Barra. 

O jornalista, que tem uma ligação estreita com o teatro, tendo sido presidente da Associação de Teatro Amador (Arta), autografou os livros e fez um discurso, onde destacou a luta para o reerguimento do Trianon. “Lutamos muito para reerguer o Trianon após a derrubada do teatro”, afirmou Avelino.

O livro “São Salvador – 360 anos (1642-2012)” foi um trabalho feito a partir de pesquisa realizada pelo autor, a pedagoga Viviane Terra e a historiadora Sylvia Márcia Paes. A obra faz parte de uma série que inclui, também, Santa Amaro (15/01), São Sebastião (20/01), Nossa Senhora dos Navegantes (02/02), São Jorge (23/04) e São João Batista (24/06), que será lançada em breve.

domingo, 29 de julho de 2012

Dependente químico ganha tratamento modelo

Foto: O Diário
Por Paulo César Oliveira/O Diário

Num cenário de 350 mil metros quadrados onde a natureza faz parte do cotidiano, cercado de montanhas, pássaros, animais e de uma estrutura de primeira, com piscina, campo de futebol, jardins, salão de jogos entre outras dependências, é que a Prefeitura de Campos estruturou um modelo inovador de Serviço de Proteção Social para pessoas com dependência química. As instalações do antigo Hotel Fazenda Pedra Lisa, na localidade de Morro do Coco, foram transformadas na Clinica de Tratamento Geremias de Mattos Fontes – primeira no país onde o paciente permanece por vontade própria e não por obrigação.

A estrutura moderna e bem equipada foi inaugurada com capacidade para receber até 70 pacientes, sendo 50 homens, 10 mulheres e 10 pessoas por medida compulsória (decisão judicial). Foi entregue a comunidade no dia 4 de julho e, já no dia 9 recebeu os primeiros oito pacientes. Na última terça-feira (17), mais quatros pessoas foram encaminhadas após avaliação feita pelo Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) – órgão ligado a Secretaria Municipal da Família e Assistência Social.

De acordo com a secretária municipal de Família e Assistência Social, Izaura Freire, a proposta não é ser uma clinica de tratamento, mas sim um centro de apoio e amparo depois de realizado o tratamento do período mais critico.

Pacientes com crise de abstinência, por exemplo, não são destinados ao espaço. É necessário primeiro que façam o tratamento clínico, e só depois seja encaminhado ao Serviço de Proteção Social. “O projeto não prevê a reclusão da pessoa. A ideia é de que ela fique por vontade própria. Quando o paciente vem para cá, tem a consciência de que vai ficar por que quer. Aqui existe acompanhamento médico, psicológico e social”, explica Izaura. Leia mais >

sexta-feira, 27 de julho de 2012

Bazar com artigos confeccionados por artesãs locais

Foto: Rodolfo Lins
Por Elenice Costa

Com objetivo de valorizar a cultura mostrando a diversidade, criatividade e originalidade dos artesãos do município, o Programa Economia Popular Solidária, em parceria com o Fórum Local de Economia Solidária, realizou nesta sexta-feira (27), o II Bazar Ecosol. O evento aconteceu na Praça da República, no Centro, com a participação de várias artesãs que expuseram seus produtos com preço acessivo ao consumidor. O Fórum Local de Economia Solidária do município de Campos teve início em 2010 e hoje conta com 20 grupos voltados para o artesanato e a gastronomia. O evento tem apoio da Secretaria Municipal da Família e Assistência Social, Universidade Estadual do Norte Fluminense (Uenf) e Incubadora Tecnológica de Empreendimentos Populares (ITEP).
O maior foco deste evento é o Bazar Ecosol, com exposição de peças de roupas e acessórios semi-novos, com preços acessíveis ao consumidor. Toda a renda arrecadada será revertida ao fundo solidário, que foi criado para que grupos ligados ao fórum possam participar de eventos em outros municípios. A proposta é levar os conceitos da economia solidária, que propõe o comércio justo e solidário, além da reutilização dos produtos.
De acordo com o diretor do Departamento de Recursos Humanos e Cidadania da secretaria da Família e Assistência Social, Evanilson Fidélis, a intenção é agraciar o município com mostra dos trabalhos confeccionados pelas artesãs “Assim a população tem oportunidade de adquirir, por um preço módico, produtos de qualidade”, disse o diretor do departamento.

Feliz com a nova realidade

Foto: Rogerio Azevedo
Por Kelly Maria/Secom

“Estou morando feliz agora, pois ganhei uma casa totalmente adaptada para mim”. Estas foram as palavras de dona de casa, Maria do Carmo Provisano, que aos 78 anos deixou a precariedade da casa onde morava, em Nova Brasília, para uma nova realidade, no conjunto habitacional Morar Feliz. Além de dona Maria, nesta quinta-feira (26) mais 10 famílias foram retiradas de suas residências, onde viviam em situações de risco, para as casas do programa no Parque Esplanada, encerrando assim, a etapa no conjunto habitacional do bairro. 

Durante todo o dia fiscais da Defesa Civil Municipal, juntamente com a equipe da secretaria de Família e Assistência Social (SMFAS) estiveram presentes acompanhando a remoção. De acordo com o subsecretário da Defesa Civil, major Edson Pessanha, a maior parte dessas famílias é proveniente de demandas antigas, pois já estava cadastrada e agora foi contemplada pelo programa. “Apenas duas famílias são da Ilha do Cunha, completando assim, a retirada dos 140 moradores previstos pelo órgão”, completou Pessanha.

Vindo da comunidade da Baleeira, na Pecuária, o inspetor de alunos, Fábio dos Santos Conrado, 36 anos, que antes morava de aluguel em uma casa sem condições de uso, contou que sempre teve vontade de residir em um lugar melhor com seus três filhos, mas não tinha condições. “Nem acreditei quando vi a casa que fui presenteado. Aqui é uma maravilha, a casa é arejada, espaçosa e as crianças amaram o lugar. Até quintal tem. Em vista do lugar onde eu estava, a minha casa no Morar Feliz é uma mansão”m comentou Fábio.

Para a auxiliar de cozinha, Édila Mara Azeredo Galdino, 26, é mais do que uma vitória ter a casa própria. É um sonho realizado. “Eu morava de favor em uma casa no bairro do Turf Club. A casa era péssima e nos últimos anos estava infestada de insetos e ratos. Sem contar o esgoto a céu aberto que inundava todo o quintal. Agora não tenho palavras para descrever o tamanho da minha felicidade, pois só quem passou pelo que eu passei, sabe o quanto é difícil depender dos outros para ter um teto para morar com os filhos”, disse emocionada a auxiliar de cozinha.

quinta-feira, 26 de julho de 2012

Quinta-feira animada com festa junina para idosos

Fotos: Rodolfo Lins

Os idosos atendidos pelo Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos – Idoso, participaram nesta quinta-feira (26), do “Arraiá da Melhor Idade”. O evento foi aberto ao público e promovido pela Secretaria da Família e Assistência Social. Barraquinhas com distribuição de comidas típicas, brincadeiras, musicas, fizeram a alegria dos idosos. O evento contou com a participação dos integrantes da quadrilha “Mata Papai” do grupo da terceira idade do Parque Tamandaré.
O objetivo da atividade festiva é a prática de garantia dos direitos de lazer e a convivência dos idosos junto à população, valorizando e incentivando cada vez mais os grupos de convivência assistidos pelos programas sociais do município.
Além de participar da dança de quadrilha, parabenizei todos os funcionários que prestam serviço no órgão, em prol dos idosos. Fazer a política do idoso é lembrar do nosso futuro.

Pesquisa mostra Rosinha disparada na eleição de Campos

Reprodução Jornal O Diário
Do Blog do Garotinho


A campanha de boatos e mentiras feita pela oposição em Campos não está surtindo efeito. Se a eleição fosse hoje, a prefeita Rosinha Garotinho estaria eleita no 1º turno com margem folgada. Nos votos válidos Rosinha tem 72%; Arnaldo 23% e Makhoul 5%. 

A pesquisa do Instituto Precisão, encomendada pelo PR, foi registrada no último dia 20, no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), e o número do protocolo é RJ00028/2012. Foram entrevistadas mil pessoas, nos dias 21, 22 e 23 deste mês, em diferentes pontos da cidade (distrito-sede) e do interior (demais distritos do município). 

Moradores da Ilha do Cunha felizes com casas do Morar Feliz

Foto: Juarez Fernandes
Por Telmo Filho
“Um sonho realizado”. A afirmação é da merendeira Maria Antonia Rangel Carvalho, 51 anos. Ela e a família moravam na comunidade Ilha do Cunha e foram contempladas com uma casa no conjunto habitacional Morar Feliz do Parque Esplanada, o maior programa habitacional do do país, desenvolvido por uma prefeitura. Até agora, a Prefeitura de Campos, através dos recursos dos royalties do petróleo, construiu mais de cinco mil novas moradias, gerou milhares de empregos e retirou pessoas que viviam em área de risco e/ou em condições subumanas.

Maria Antonia afirma que, através deste programa, o sonho dela e de muitas outras famílias foi realizado. “A casa é digna em vista de onde eu morava. Na Ilha do Cunha, eu tinha que dividir três cômodos com mais quatro pessoas. É um privilégio quem ganha uma casa do Morar Feliz que tem quintal, dois quartos e muito mais. Só em saber que não vai entrar mais água na minha casa, é um alívio, pois eu já perdi muita coisa na enchente”, falou.

A doméstica Viviane de Souza Reis, 30, é uma das que mais ansiava por um imóvel no Parque Esplanada. “Chega de tanto sofrimento. Eu, por exemplo, morava em dois cômodos e passava por muitas dificuldades. Agora, eu tenho certeza que serei feliz daqui pra frente, pois tenho a certeza que estou deixando uma herança para os meus três filhos”, comentou.

Identificação civil na secretaria agora é on-line

Foto: SMFAS
Por Elenice Costa


A coordenadora do Setor de Identificação Civil da secretaria da Família e Assistência Social, Iara Alexandrino, explica que o setor emite cerca de 1.500 carteiras de identidade/mês. “O serviço é gratuito e destinado à população carente do município. Para a retirada da primeira via do documento, o usuário deve comparecer ao setor, das 8 às 14h, com a certidão de nascimento original e/ou casamento (cópia)”, acrescenta a coordenadora.
No caso de retirada de segunda via, os interessados devem ter em mãos a cópia dos documentos pessoais e, caso não tenha condições de pagar a taxa para retirada do documento, deve adquirir isenção. Esta, por sua vez, pode ser conseguida também na Fundação Leão XIII, Defensoria Pública ou na Secretaria de Justiça e Assistência Judiciária, localizada na Secretaria da Família e Assistência Social. A isenção da taxa é destinada somente às pessoas que recebem um salário mínimo/mês.  
A coordenadora do Setor de Identificação Civil da secretaria da Família e Assistência Social, Iara Alexandrino, explica que o setor emite cerca de 1.500 carteiras de identidade/mês. “O serviço é gratuito e destinado à população carente do município. Para a retirada da primeira via do documento, o usuário deve comparecer ao setor, das 8 às 14h, com a certidão de nascimento original e/ou casamento (cópia)”, acrescenta a coordenadora.
No caso de retirada de segunda via, os interessados devem ter em mãos a cópia dos documentos pessoais e, caso não tenha condições de pagar a taxa para retirada do documento, deve adquirir isenção. Esta, por sua vez, pode ser conseguida também na Fundação Leão XIII, Defensoria Pública ou na Secretaria de Justiça e Assistência Judiciária, localizada na Secretaria da Família e Assistência Social. A isenção da taxa é destinada somente às pessoas que recebem um salário mínimo/mês.  

quarta-feira, 25 de julho de 2012

Formatura do PBA Centro Dia do Idoso

Foto:Rogerio Azevedo
Por Vanessa Nascimento/Secom


O Programa Brasil Alfabetizado (PBA) formou 20 alunos do Centro Dia do Idoso (CDI) que realizaram o sonho de ler, escrever e calcular. O PBA é um programa do Governo Federal, em parceria com a Secretaria Municipal de Educação. A formatura aconteceu na tarde desta terça-feira (24), às 14h, no CDI, que cedeu o espaço para a realização das aulas.

O PBA tem como objetivo promover a cidadania por meio do letramento e da alfabetização. “O programa permite que eles tenham acesso à leitura e a escrita que nunca tiveram oportunidade de aprender”, declarou a Secretária de Educação, Joilza Rangel.

De acordo com a gestora municipal do programa, Margareth Moreira Manhães, atualmente o município de Campos possui 120 alfabetizadores, 10 coordenadores e aproximadamente 1.800 alunos no total. O programa tem duração de oito meses.

- Espero que esse programa nunca acabe e dê oportunidade para outras pessoas, assim como eu tive essa grande oportunidade. Foi muito importante para mim, porque aqui eu aprendi coisas que já havia esquecido, eles fazem a gente relembrar. Me sinto realizada - declarou a aluna, Maria José Gomes dos Santos, 60 anos.

A outra aluna, Celí de Almeida Celestino, 83 anos, falou das amizades que conquistou ao longo dos três anos que esteve no Programa. "Conheci pessoas muito importantes e como na época que eu era criança não possuía escola na minha cidade, não tive oportunidade de aprender a ler e escrever", disse a aluna, natural de São Francisco de Itabapoana.

Para a professora do programa, no Centro Dia, Telma dos Reis Riscado, o programa é muito importante na vida desses idosos. “Aqui eles encontram assistência, elevam a autoestima e têm a oportunidade de se atualizarem. É um trabalho maravilhoso muito gratificante”, disse.



Dia da Mulher Negra comemorado nesta quarta-feira

Por Lara Abreu/Secom


O Lar Fabiano de Cristo, em parceria com a Fundação Municipal Zumbi dos Palmares e o Conselho Municipal de Promoção e Igualdade Social, comemora nesta quarta-feira (25), o Dia da Mulher Negra. O evento acontece na Praça São Salvador, de 9h às 17h. Na programação haverá oficina de estética afro, informando sobre a valorização e beleza da mulher negra, trabalhos com cabelos negros, além de apresentações de capoeira e teatro.

A data internacional foi instituída em 1992 pela Organização das Nações Unidas (ONU), e se consolidou em Campos como lei municipal nº 7.924, em 2007. De acordo com a coordenadora do evento do Lar Fabiano de Cristo, Rita Baiana, o objetivo do encontro é informar sobre as especificidades da mulher negra, como autoestima, saúde e questão social.

- Este é um dia de alerta à população, onde mostraremos as particularidades e riquezas da mulher negra. Na oportunidade, serão escolhidas, ainda, duas mulheres do público para fazerem penteado afro trançado - ressaltou Rita.

Segundo o presidente da Fundação Municipal Zumbi dos Palmares, Jorge Luis dos Santos, a programação está vasta. “O evento conta com apresentação de capoeira, leitura de textos pelo grupo de teatro da fundação sobre discriminação racial e mostra de slides e vídeos sobre a negra do ganho”, adiantou.

segunda-feira, 23 de julho de 2012

Morar Feliz: mudança de vida para mais famílias da Ilha do Cunha

Foto: Juarez Fernandes
Mais famílias que viviam em situações de risco na Ilha do Cunha, às margens do Rio Paraíba do Sul, continuam retiradas da comunidade nesta segunda-feira (23) pela equipe da Defesa Civil Municipal, para as casas do programa Morar Feliz do Parque Esplanada. A remoção, que durou todo o dia, tem previsão de encerrar nesta quarta (25), completando assim, a retirada dos 140 moradores previstos pelo órgão público.
Os serviços de demolição das casas na comunidade prosseguem nesta terça-feira (24). “Só estamos dependendo de alguns donos de imóveis liberarem para a demolição, pois os inquilinos dessas residências já estão de mudança”, contou um fiscal da Defesa Civil, dizendo ainda que nesta segunda, cerca de 25 famílias foram retiradas.

Muito feliz por estar morando em uma casa fora dos riscos habituais dos quais era submetida, a cozinheira de 35 anos, Leila Nogueira Correia, revelou como era sua vida na antiga casa.

- Só Deus sabe o quanto estou contente em sair daqui. Quando chovia era um horror e a água quase chegava até o teto, sem contar os ratos que infestavam a casa. Agora, a realidade é outra, pois sempre sonhei em dar uma vida melhor para meus filhos e netos. Estou muito feliz por fazer parte do Morar Feliz – comemorou a cozinheira, que morava nas margens do Rio Paraíba do Sul.

Aluno campista é destaque no “Esporte Espetacular”

Foto: Antônio Leudo
Por: Francisca de Assis / Secom


O aluno do Ciep Professora Carmem Carneiro, Gabriel Ferreira Muniz, foi destaque no Esporte Espetacular, da Rede Globo, neste domingo (22). O menino campista, que não tem os dois pés, é estudante da rede municipal e um dos artilheiros dos Jogos Estudantis das Escolas Municipais (Jeem). 

Gabriel, que é o craque do futsal da escola, tem um sonho: quer ser o melhor jogador de futebol do mundo, como seu ídolo, Messi.  Acostumado a vencer desafios e superar obstáculos, o menino, que andou com 1 ano, leva uma vida normal como os colegas da escola, e garante: “Eu vou ser o Messi brasileiro”.

A agilidade de Gabriel, o equilíbrio e o domínio de bola impressionam. Ele tem 11 anos, mas gosta de jogar com os meninos maiores, de 13 e 14 anos, e não tem moleza: joga de igual para igual. Querido e respeitado pelos colegas, Gabriel está sempre alegre, de bem com a vida.

- Pela deficiência que ele tem, era para ser um menino triste, mas, pelo contrário, é alegre, atencioso, inteligente, joga muito, tem talento. Todos gostam dele – afirma o professor de educação física, Sérgio Lopes.

Joaquim Mateus Ferreira Muniz, irmão de Gabriel, diz que ele é mil e uma utilidades: joga futsal, faz hip-hop, capoeira, solta pipa e toca meia lua, na banda. Gabriel e o irmão estudam em tempo integral. As atividades culturais, e esportivas fazem parte do Programa Mais Educação, do governo federal, em parceria com a Prefeitura de campos.

Gabriel está no 4º ano do ensino fundamental. “Ele é bom aluno, tira nota boa em todas as matérias. É um menino alegre, inteligente, brinca, corre, adora jogar futebol. Está sempre buscando superar os limites”, destaca o professor do menino, Maycon Barcelos.


Parque Alberto Sampaio vai ser totalmente remodelado

Foto: Antonio Leudo
Por Wesley Machado

A prefeitura está reformando o Parque Alberto Sampaio, área de lazer que fica no coração da cidade. O espaço será dividido em duas partes. A primeira parte será um estacionamento para 136 vagas, entre elas, algumas destinadas a deficientes e idosos. Na segunda parte serão construídos dois quiosques, um parquinho infantil, um pergolado, substituído o piso atual por piso intertravado e reativado o lago existente, incluindo uma ponte em madeira. Será ainda construída uma pista de skate no lugar da arena, feita a recuperação da arquibancada e a recuperação paisagística.

O secretário municipal de Obras e Urbanismo, Edílson Peixoto, explica que o Parque Alberto Sampaio será um espaço agradável, bonito, arborizado e que vai integrar toda a família com atrativos para todos. “A  reforma desse espaço representa uma renovação na cidade, uma reconquista para a população. Há alguns meses o parque abrigava mendigos, pessoas que se drogavam e assaltantes. Com a obra será um espaço vigiado e utilizado pelas famílias”, afirmou o secretário Edílson Peixoto.

Parque Alberto Sampaio - O Parque Alberto Sampaio foi inaugurado em 1988, pelo então Prefeito José Carlos Vieira Barbosa (Zezé Barbosa), falecido no ano passado. O Parque foi construído no local onde antes existia o “Jardim de Alah”. O nome é uma homenagem ao ilustre campista, médico, naturalista, sociólogo, geógrafo e botânico de renome internacional, nascido em 1881, Alberto Sampaio. Os autores da obra foram os arquitetos Francisco Leal, Cláudio Valadares, Ocemir Boticelli e José L. Saraiva. Em 1997, no segundo governo do então prefeito e atual deputado federal, Anthony Garotinho, o Parque Alberto Sampaio sofreu uma reforma que recuperou e preservou a beleza do local. Desde então, foi abandonado pelo poder público.

Governo Dilma não quer diálogo com servidores federais

Do Blog do Garotinho

- “O funcionalismo estadual está em greve. Embora as centrais sindicais estejam atreladas ao governo, não estão conseguindo segurar a insatisfação dos servidores federais com o tratamento que vem recebendo do governo Dilma. Servidores de 56 universidades federais e mais de 15 órgão ligados a 6 ministérios estão em greve. Aliás, acabei de dar parecer contrário na Comissão de Constituição e Justiça ao projeto de lei de autoria do Executivo que congelava os salários do funcionalismo federal. A falta de diálogo do governo Dilma que apostou no enfraquecimento do movimento e se deu mal é responsável por essa situação. Os servidores querem negociar, mas o governo continua a enrolar” – afirmou o Deputado Anthony Garotinho em seu Blog.

Reunião com Profissionais da Pesca em Farol de São Thomé

Fotos: Rodolfo Lins

Na última sexta-feira (20), eu e o diretor do Departamento de Direitos Humanos, Evanilson Fidélis, nos reunimos com os profissionais da pesca da praia de Farol de São Thomé. A reunião aconteceu na Choupana  do Chico Preto, na praia campista.
A proposta da reunião com as profissionais foi traçar novas metas para o defeso da água salgada para 2013, além da oferta de qualificação profissional através de cursos do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec).
Durante a reunião a secretária sugeriu  aos profissionais, antes denominadas “marisqueiras”, formar uma comissão com, no máximo, seis profissionais que morem na praia campista e conheçam toda a realidade local. O objetivo seria organizar o  trabalho de forma democrática e ordeira, listando os  profissionais que realmente trabalham com a pesca.
 - Temos atualmente cerca de 700 famílias que recebem  o defeso e mais do que nunca é importante que os  profissionais discutam o marco da política de assistência. Vamos organizar  a questão das pessoas que realmente trabalham com a pesca.
O diretor do Departamento de Direitos Humanos, Evanilson Fidélis, afirma: “Estaremos juntos com os profissionais para que possamos ter um trabalho positivo no próximo defeso. Iremos trabalhar diurnamente para otiminização deste programa que beneficia centenas de profissionais”, finalizou o diretor.

sexta-feira, 20 de julho de 2012

Conselho de Assistência reunido mais uma vez

Foto: Rodolfo Lins
Me reuní hoje com a Comissão de Conselheiros, do Conselho Municipal da Assistência Social para mais uma assembléia geral ordinária, no auditório do Ministério Publico Estadual.
Durante a reunião foi realizada a leitura da ata da reunião anterior, informes e pareceres das comissões temáticas, comissão de orçamento e financiamento, comissão de normas, comissão de fiscalização, comissão de políticas e Aprovação da Lei do Conselho Municipal de Permanência e a reprogramação financeira de 2010. E, ainda, apresentação da logomarca do conselho, informações sobre suplementação das instituições Monsenhor Severino e Associação de Pais e Amigos de Pessoas Especiais (APAPE), além de termo Aditivo da Instituição São José Operário.
Será marcada uma outra reunião, desta vez para traçar um plano de ação para apresentar cursos de capacitação para os funcionários do Centro de Referência de Assistência Social (Cras) e do Sistema Único de Assistência Social (Suas).  

Desfile da Coleção inverno 2012 dos CRAS

Fotos: Rodolfo Lins
Por Franio Abreu

O Parquecentro Shopping parou na noite de quinta-feira (19) para assistir as últimas tendências da coleção inverno. A diferença deste desfile para outros tantos é que a coleção, assim como os acessórios – bolsas, carteiras, colares, pulseiras e brincos – foram confeccionados por usuárias que fazem parte dos cursos do Programa de Inclusão Produtiva, da Secretaria Municipal da Família e Assistência Social.
E, de acordo com as pessoas que se aglomeraram no segundo piso do shopping para assistir ao desfile, o acabamento final das peças, assim como o visual, não fica nada a dever aos produtos que são comprados em boutiques locais ou confeccionados por costureiros conhecidos na cidade. “Gente, isso tudo é muito bonito. Estou encantada com tudo o que estou vendo e não sabia que a gente podia aproveitar tanta coisa que se joga fora para transformar em roupas e acessórios”, disse a dona de casa, Angela Dias Nascimento, 46 anos.
Na passarela, destaque para os acessórios fabricados com fibra da bananeira, papel jornal, tampa de garrafa peti, entre outros. E, ainda, crochê misturado com renda, retalhos rebordados que juntos formam mosaicos coloridos para jaquetas, saias e vestidos, entre outras novidades. Até mesmo tiaras e enfeites de cabelo são fabricados por usuárias do programa.


A coordenadora do Programa de Inclusão Produtiva, Angela Muylaert, explica que hoje são mais de 200 usuárias que participam deste programa e ganham dinheiro, já que vendem por conta própria ou trabalham na confecção das peças que são comercializadas na loja do programa, que funciona no shopping onde aconteceu o desfile. “O mais importante é que isso tudo bonito e de qualidade que vocês estão vendo, gera renda para inúmeras mulheres do nosso município”, acrescenta a coordenadora.
As peças que são produzidas em Campos já foram avaliadas pela consultora de fama internacional, Cristina Franco, que veio a Campos especialmente para conhecer o que é produzido aqui em termos de moda. E não é só isso. O que é feito aqui é levado para feiras e eventos no Rio de Janeiro, entre outros e as pessoas ficam encantadas com a qualidade e beleza. Muito mais ainda temos por fazer, mas a partir destas observações, constatamos que estamos no caminho certo.

Reunião para resolver casos precários

Foto: Rodolfo  Lins
Na tarde de ontem, quinta-feira(19), me reuni com representantes da Associação de Moradores do bairro Nova Brasília para discutir casos de famílias que estão vivendo em estado de vulnerabilidade social e condições precárias de moradia no Esplanada. Essas famílias teriam construído suas casas em cima de uma fossa que sustenta o saneamento básico de todas as casas de um conjunto habitacional no Parque Esplanada, construído em outros governos.
A grande quantidade de esgoto faz com que essas famílias convivam no dia a dia com cobras, ratos, aranhas, entre outros bichos, além do cheiro forte. A grande quantidade de esgoto fica a céu aberto, empossada no quintal dessas casas. Essas famílias tiveram suas casas condenadas pela Defesa Civil.
Outro caso precário no mesmo bairro é da dona de casa, Edilma Silva, de 61 anos. Os vizinhos teriam construído para ela um cômodo com banheiro em uma área às margens do Valão das Dragas. No entanto, a obra teria sido interditada e demolida pela Defesa Civil.
Edilma atualmente esta morando de favor na casa de uma vizinha. A equipe de assistentes sociais da secretaria da Família e Assistência Social visitou as famílias e realizou avaliação para traçar uma solução.

quinta-feira, 19 de julho de 2012

Em seis meses, delegações de 43 países conhecem programas sociais

Fonte: MDS

Representantes da África são os que mais têm mostrado interesse nos projetos do ministério, com 19 países enviando missões no primeiro semestre. Segurança alimentar e nutricional é o tema de maior interesse
Brasília, 18 - A segurança alimentar e nutricional é um dos temas de maior interesse das delegações de estrangeiros que visitam o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS). Até 13 de julho passado, o ministério recebeu 63 delegações de 43 países. No mesmo período de 2011, foram 38 delegações de 24 países.  Além da segurança alimentar e nutricional, as missões estrangeiros também buscam informações sobre a estratégia do Plano Brasil Sem Miséria, a transferência de renda condicionada, a assistência social e o sistema de monitoramento e avaliação das políticas e programas sociais.

Os países africanos foram os que mais mandaram representantes ao Brasil para conhecer o trabalho desenvolvido pelo MDS. No período, o ministério recebeu delegações de 19 países daquele continente. Leia mais MDS

Desfile hoje à noite apresenta trabalhos de usuários dos Cras

Por Elenice Costa
A Secretaria da Família e Assistência Social, através do Programa Inclusão Produtiva, vai realizar desfile de lançamento coleção inverno. O evento acontece nesta quinta-feira (19), às 19h, no segundo piso do Parquecentro Shopping.

Doze modelos do Programa Projovem Adolescente estarão desfilando com os acessórios confeccionados pelas  usuárias atendidas nos Centros de Referência e Assistência Social (Cras) e núcleos de Inclusão Produtiva  do Jardim Carioca.

Segundo o diretor do Departamento de Direitos Humanos da secretaria, Evanilson Fidélis, a proposta é mostrar a qualidade dos produtos confeccionados pelas usuárias que fazem parte dos cursos. “Todas as peças são idealizadas e confeccionadas pelas alunas do Programa Inclusão Produtiva. O trabalho tem contribuído para emancipação das famílias beneficiadas pelo programa”, concluiu Evanilson Fidélis.

quarta-feira, 18 de julho de 2012

Mudando de vida

Foto: Rodolfo Lins
Estive nesta quarta-feira (18) na Clínica de Reabilitação Geremias de Mattos Gomes, em Morro do Coco, acompanhando os trabalhos da equipe multiprofissional. Pude observar que a maioria das pessoas que está no local quer realmente mudar de vida e isso é muito bom para o tratamento. Fiquei emocionada com vários pacientes, entre eles, José Carlos - na foto comigo e a administradora do local -  Elizabeth Guimarães. Veja a história de vida dele:
O gesseiro José Carlos da Silva Ávila, de 44 anos, morador do Bairro Jardim Carioca, afirma que experimentou maconha pela primeira vez em uma festa de quadrilha, junto com outros amigos. Daquele dia em diante, não parou mais de usar drogas. “Usei cocaína durante 15 anos. “Eu fiquei internado durante 24 dias no Abrigo João Viana e estou aqui há uma semana. Estou amando o tratamento com os profissionais. Todos os dias eu uso medicamentos contra a ansiedade e faço atividades, caminhada, atendimento com a psicóloga e me apego a Deus. Daqui para frente sonho em retornar o trabalho como gesseiro, montar meu próprio negócio e, de novo, conquistar a confiança da minha família”, finalizou.

terça-feira, 17 de julho de 2012

Famílias da Ilha do Cunha começam mudança para Esplanada

Foto: Juarez Fernandes
Por Noel Junior

A Prefeitura deu início, nesta terça-feira (17), à desocupação das residências da Ilha do Cunha, área de risco que fica às margens do Rio Paraíba do Sul. Com o apoio da Defesa Civil e da Secretaria da Família e Assistência Social, 30 famílias já começaram a mudança para as novas casas do programa Morar Feliz do Parque Esplanada, que ganharam da Prefeitura. Quinze caminhões foram envolvidos no processo de mudança dos pertences das famílias.

No Morar Feliz do Parque Esplanada foi construído um condomínio residencial com 186 casas. De acordo com o subsecretário de Defesa Civil, Major Pessanha, a previsão é para que 140 famílias da Ilha do Cunha se mudem para o Morar Feliz do Esplanada até o final desta semana. “Esta é a realização de um sonho antigo dos moradores daquela localidade, que, há anos, vinham sofrendo com alagamentos, ficando desalojadas ou desabrigadas”, afirmou.

Às vésperas de completar 74 anos de idade, em agosto deste ano, a doméstica Maria Geisa Messias Genásio, moradora da comunidade há mais de 32 anos, iniciou o processo de mudança bastante entusiasmada. Ela afirmou que esse é o melhor presente que poderia receber. “Estou muito feliz! Graças a Deus e a Prefeitura estou saindo daqui, e não pretendo voltar nunca mais aqui na Ilha do Cunha”, disse.

Demolição – Segundo o subsecretário, todas as moradias desocupadas na Ilha do Cunha serão demolidas até sexta-feira (20), mediante o corte de luz e da água, pela Ampla e Águas do Paraíba, respectivamente. “Já chorei muito hoje por ter que deixar minha casa, criei minha família aqui, mas, pelo menos, não vou mais sofrer com os problemas de enchentes”, relatou Aleil Rodrigues da Silva, 62 anos, porteiro, morador há 38 anos na comunidade.

Empossado novo presidente do Conselho do Idoso

Fotos: Rodolfo Lins
Na manhã desta terça-feira (17), dei posse, em assembléia ordinária, ao novo presidente e vice do Conselho Municipal dos Direitos do Idoso, André Luiz Aragão Viana e Altair Ribeiro Barcelos Parafuso, para a gestão 2012/2014. A solenidade de posse de toda a diretoria da entidade aconteceu no auditório do Ministério Público Estadual.
De acordo com o novo presidente da entidade, André Luiz Aragão Viana, este é mais um desafio, de estar, através do conselho, articulando cada vez mais com a sociedade civil, com a finalidade de dar respostas imediatas no que diz respeito às melhorias que os idosos esperam nas áreas da saúde, assistência social, educação, esporte, trabalho e renda, entre outras.
- "O conselho precisa trabalhar como ponte entre a sociedade civil e governo, para que todas as ações relacionadas aos diretos dos idosos sejam atendidas. E para que, efetivamente, tanto o governo quanto a sociedade em geral possa contribuir para a melhoria nos atendimentos a pessoa idosa" - concluiu André Luiz Aragão Viana.
É muito prazeroso estar empossando um profissional comprometido com a política de assistência para atuar num conselho como o do idoso. É um desafio ter o controle social em diferentes áreas da assistência e isso é um trabalho diário. Falta muito para chegar à democracia partidária no processo da construção e um grande paradigma que temos que quebrar.

 O Promotor de Justiça, Luiz Claudio Carvalho de Almeida, explica que a participação do Ministério Público junto ao Conselho do Idoso, no que diz respeito à fiscalização das políticas, é muito importante para resolver as questões do idoso no município. Mas, também, é para os idosos, porque eles vão ter um grupo de pessoas que vai atuar diretamente em prol dos seus direitos. “Hoje a gente concretiza esta posse para que eles possam estar organizando as ações deste conselho”, destacou o Promotor de Justiça.

segunda-feira, 16 de julho de 2012

Fechamento do Hospital do IASERJ: As imagens da barbárie

Foto: Agencia O Globo
 Do Blog do Garotinho

Este caso precisa ser denunciado a organismos internacionais. Foi uma barbárie praticada pelo ditador Cabral e comandada na linha de frente pelo líder da Gangue dos Guardanapos, Sérgio Côrtes. O hospital que atende servidores e familiares foi fechado na marra, numa operação de guerra típica das ditaduras mais tenebrosas. Ruas cercadas, tropa de choque ameaçando funcionários e parentes de pacientes, soldados de fuzil nos corredores do hospital expulsando todo mundo, e até pacientes em estado grave sendo removidos contra a ordem dos médicos. Uma covardia. Para piorar ninguém foi avisado. Foi tudo feito na calada da noite. Nem o diretor do hospital do IASERJ sabia da operação, nem as famílias dos pacientes foram informadas da remoção. Uma covardia sem tamanho. Essa sequência de imagens da Agência Globo, é claro não foi publicada nos jornais e sites, mas mostra bem o desespero de parentes e funcionários e a máquina de repressão de Cabral agindo como se estivesse lidando com bandidos. Mais fotos no  Blog do Garotinho

Desfile para mostrar trabalhos de usuários dos Cras

Foto Rodolfo Lins
Por Elenice Costa

A Secretaria da Família e Assistência Social, através do Programa Inclusão Produtiva, vai realizar desfile de lançamento coleção inverno. O evento acontece nesta quinta-feira (19), às 19h, no 2º piso do Parquecentro Shopping. Doze modelos do Programa Projovem Adolescente estarão desfilando com os acessórios  confeccionados pelas  usuárias atendidas nos Centros de Referência e Assistência Social (Cras) e núcleos de Inclusão Produtiva  do Jardim Carioca. Segundo o diretor do Departamento de Direitos Humanos da secretaria, Evanilson Fidélis, a proposta é mostrar a qualidade dos produtos confeccionados pelas usuárias que fazem parte dos cursos. “Todas as peças são idealizadas e confeccionadas pelas alunas do Programa Inclusão Produtiva. O trabalho tem contribuído para emancipação das famílias beneficiadas pelo programa”, concluiu Evanilson Fidélis.

Vacinação para pessoas em situação de rua durante esta segunda-feira

Foto: Rodolfo Lins
Por Elenice Costa

Cerca de 50 pessoas em situação de rua e funcionários do Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua (Centro Pop) e Casa da Cidadania, órgãos vinculados à Secretaria da Família e Assistência Social receberam na manhã desta segunda-feira (16), doses das vacinas tríplice viral, Hepatite B, Antigripal e Antitetânica. A ação é promovida pela Secretaria de Saúde e se estende ate às 15h. A proposta e imunizar funcionários e usuários que são atendidos pelos serviços.
Segundo a coordenadora do Centro Pop e Casa da Cidadania, Maria Cristina Pereira, essas pessoas muitas vezes optam por viver na rua como forma de autopunição, por alguma razão elas se acham merecedoras dessa condição de vida. “Precisamos criar um vínculo com esses usuários, fazendo com que retomem essa capacidade, ajudando a resgatar sua auto-estima e a razão de viver”, classificou Maria Cristina.
Segundo a coordenadora, esta iniciativa é, também, parte integrante da rede de atenção psicossocial em dependência química, que está sendo desenvolvida no município. “Trabalhando junto teremos melhores condições de acolher e oferecer assistência adequada a esses seres humanos que acabam se refugiando nas ruas, nas drogas e no álcool”, concluiu.

FMIJ inscreve até quarta-feira para Projeto Bombeiro Mirim

Foto: Divulgação
Por Wesley Machado/Secom

A Fundação Municipal da Infância e Juventude (FMIJ) inscreve até quarta-feira (18) para o Projeto “Bombeiro Mirim”, que atende a crianças de 9 a 13 anos dos sexos masculino e feminino. As inscrições estão sendo feitas na sede da Fundação Municipal de Esportes, antiga AABB, onde funciona o projeto, das 7h20 às 11 horas, de segunda à sexta-feira.
Os documentos necessários para fazer a inscrição são cópia de certidão de nascimento, cópia do cartão de vacina, duas fotos 3x4, declaração escolar, carteira de identidade e CPF do responsável. Ainda restam 30 vagas e as aulas começarão no dia 7 de agosto.

O presidente da FMIJ, Mário Lopes, explica que o Bombeiro Mirim é um projeto que acontece duas vezes por ano e dura quatro meses. “O Bombeiro Mirim é um projeto que tem diversas atividades, é um projeto disciplinar que incentiva as crianças a terem como modelo de vida pessoas que salvam vidas. As crianças fazem treinamentos de rotinas dos bombeiros, como primeiros socorros e combate a incêndio”, informa o presidente da FMIJ.

Mário Lopes parabeniza aos pais que desde cedo querem que seus filhos sejam disciplinados. “Considero louvável que desde cedo toda criança tenha uma vivência de um bom militar. Temos casos de bombeiros que estão incorporados à coorporação, além de um oficial tenente que passaram pelo Bombeiro Mirim da Fundação da Infância e Juventude. O Bombeiro Mirim não é um amor passageiro. Se estande para toda vida”, afirma Mário Lopes.

Morar Feliz chegará a 5.400 casas

Foto:Secom
Por Marcio Frenandes / Secom

As obras do programa Morar Feliz no Conjunto Habitacional Eldorado 3 estão em fase final e já têm até previsão de conclusão: setembro. O anúncio foi feito na quinta-feira (12), por Edilson Peixoto, Secretário Municipal de Obras e Urbanismo. Lá estão sendo construídas 180 casas. As obras são realizadas em dois canteiros e em um está na fase de pintura e colocação de telhado, no outro, na montagem. No Parque Esplanada, a prefeitura constrói mais 120 moradias, com isso, o governo municipal chegará a 5.400 casas do Morar Feliz.

- A previsão é de entregar o Eldorado 3 em setembro, mas do jeito que as coisas estão caminhando, talvez até antes. Estamos nos esforçando ao máximo com a intenção de deixar tudo pronto - disse o Secretário Municipal de Obras.

Além da doação de casas a famílias carentes, o programa Morar Feliz também se preocupa com a organização dos conjuntos habitacionais. Com o objetivo de traçar novas ações a serem desenvolvidas junto aos moradores, semanalmente a Secretaria Municipal de Família e Assistência Social se reúne com os síndicos.

Agora, a Secretaria está preparando o lançamento de uma cartilha onde os moradores encontrarão orientações sobre diversos temas – prevenção às doenças sazonais, cuidados com os idosos, higiene pessoal, combate às Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST/Aids), como descartar resíduos de alimentos, prevenção às drogas, entre outros. Os síndicos também são encarregados, junto dos agentes sociais, de supervisionar as hortas comunitárias implantadas em alguns conjuntos, entre outros.

sexta-feira, 13 de julho de 2012

Horta comunitária no Morar Feliz tem aprovação da comunidade

Foto: Rodolfo Lins
Por Taysa Assis/Secom

A horta comunitária é mais um benefício que os moradores do Programa Morar Feliz vão poder usufruir. O projeto, que já foi implantado nos conjuntos habitacionais do Eldorado e Parque Aldeia, deverá se estender por outros bairros. Além da secretaria de Família e Assistência Social, a de Agricultura e Pesca também está trabalhando no desenvolvimento do projeto, que visa atender as famílias mais carentes. De acordo com a secretária de Família e Assistência Social, Isaura Freire, o programa de hortas comunitárias foi implantado já faz um tempo e, por isso, também a Secretaria Municipal de Agricultura e Pesca resolveu desenvolver o projeto similar nos conjuntos habitacionais do Programa Morar Feliz. A importância do programa nestes conjuntos é de aproveitar algumas áreas que estão sujeitas ao lixo e torná-las úteis, levando para estas famílias, um material de primeira qualidade, sem agrotóxicos, reunindo nesses alimentos, condições de obterem melhor  condição  de vida.

Marco Aurélio Azevedo da Costa, técnico e coordenador da horta, explicou que os próprios moradores beneficiados, serão responsáveis pelo cultivo. A produção está ligada ao órgão comunitário, que antes de ser entregue e comercializada, será direcionada à Escola Técnica Estadual Agrícola Antônio Sarlo. Ali, enquanto uma parte é encaminhada para a venda, outra vai para os moradores não beneficiados com a implantação, que recebem sacolões  e a outra para os próprios moradores que cuidam dela.

Produção variada - As hortaliças cultivadas neste programa são alface, salsa, cebolinha, beterraba e couve e, ao todo, cinco hortas foram implantadas junto como projeto Morar Feliz:  Eldorado com duas hortas e a do Parque Aldeia com três hortas.

 Novos bairros - A prefeitura junto com a Secretaria Municipal de Agricultura e Pesca e o Programa Morar Feliz estão com metas ainda para este ano de implantar nos bairros da Tapera, Novo Jockey. Já está sendo feito o levantamento e a fiscalização dos terrenos.

- A Secretaria de Agricultura e Pesca tem o papel de preparar o terreno, cercar, treinar os moradores que irão tomar conta. A Secretaria de Assistência e Família faz uma programação de quais famílias irão receber o benefício, aquelas que necessitarem mais da horta. – disse Marco Aurélio.

Morar Feliz: Famílias perdem casas após cometer irregularidades

Foto: Rodolfo Lins
Por Elenice Costa

Através de denúncia anônima, o setor de supervisão de denúncias do Morar Feliz, programa desenvolvido pela Secretaria da Família e Assistência Social, retomou no inicio deste mês cinco casas de famílias que cometeram irregularidades, que ocasionaram na perda do imóvel. As famílias cometeram atos como abandono do imóvel, venda, depredação e invasão. Os fatos aconteceram nos conjuntos habitacionais da Penha, Novo Joquey e Eldorado.  As primeiras retomadas aconteceram no conjunto habitacional da Penha, onde duas casas teriam sido abandonadas pelos contemplados, sem nenhuma justificativa. Em outro caso, o morador teria atirado fogo no imóvel por motivos de briga familiar.

Já no Novo Joquey, a família contemplada com uma casa com acessibilidade teria trocado o imóvel por um veículo. No parque Eldorado, o proprietário contemplado estava sob cuidados médicos em um hospital do município. A casa teria sido invadida por outras famílias.

De acordo com a equipe de supervisão, as casas retomadas ficarão sob a responsabilidade da Secretaria de Obras e Urbanismo para reforma. Havendo necessidade, será feita a contemplação imediata para outra família.

A secretária Izaura Freire explica que as pessoas que souberem de alguma irregularidade podem denunciar, anonimamente, na secretaria da Família e Assistência, pelo telefone (22) 2723-1099. “Todas as denúncias são devidamente apuradas, sem contar que equipes do Morar Feliz estão diariamente nos conjuntos habitacionais para levantamentos diversos”, acrescenta a secretária.

quinta-feira, 12 de julho de 2012

Uma conversa franca

Foto: Rodolfo Lins
No fim da manha desta quinta-feira (12), tive uma conversa descontraída e esclarecedora com o repórter Luis Henrique, da radio Record AM, onde pude esclarecer algumas dúvidas dos ouvintes. Entre os assuntos de praxe, como Cheque Cidadão e Bolsa Família, surgiu a denúncia de que candidatos a vereador estariam cadastrando moradores sob a falsa promessa de serem beneficiados pelo Programa Morar Feliz. A minha orientação, é a de que estes fatos devem ser denunciados, neste caso, ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) ou encaminhados à Secretaria da Família e Assistência.